Para saber mais clique na foto da ave

Aves por ordem alfabética

Aves por ordem alfabética

Esta é uma lista de aves, organizada por ordem alfabética do nome comum. Clique na letra correspondente a primeira letra do  nome da ave que você procura

A B C D E F G 

H I J K L M N 

O P Q R S T U

 V W X Y Z

 

 

A+ R A-

As aves mais belas do mundo

Neste artigo nós tentamos criar uma galeria com as aves mais belas do mundo, sabemos que são muitas e que não cometer injustiças é uma tarefa difícil. Portanto, contamos com a sua colaboração, enviando-nos sujestões, fotos de aves livres na natureza (não aceitamos aves em cativeiro) e que não estejam protegidas por direitos autorais. Para que nossa galeria fique o mais próximo possível da perfeição.

Arara Vermelha

Arara Vermelha

Arara Vermelha - Foto JPavani

Faisão-Dourado

Faisão-dourado

Faisão-dourado por VozdoBerço, no Flickr

Iratauá-Grande

Gymnomystax mexicanus - iratauá-grande

iratauá-grande - Foto Flavio Guglielmino, no Flickr

O Iratauá-grande  é uma ave  passeriforme da família Icteridae.Presente no Brasil apenas na Amazônia, em Roraima, no Amapá e ao longo do Rio Amazonas e do baixo curso de seus afluentes, como o Tapajós e o Tocantins. Encontrado também nas Guianas, Venezuela, Colômbia, Equador e Perú.

Ave do Paraiso

ave do paraiso

ave do paraiso por lindaluzinfinita, no Flickr

A característica mais marcante das aves-do-paraíso é a plumagem exuberante dos machos da maioria das espécies, utilizada como ornamento nos rituais de acasalamento. O grupo é típico da Australásia e está presente nas regiões tropicais do Norte da AustráliaNova GuinéIndonésiaIlhas Molucas. As aves-do-paraíso habitam principalmente zonas de floresta tropical e manguezais.

Pato Mandarim (wood duck)

Mandarin Wood Duck

Mandarin Wood Duck por Jason Paluck, no Flickr

 

O Pato mandarim ou  marreco-mandarim é natural da Ásia e pertence a mesma família  do pato-carolino, que vive em zonas pantanosas da costa oeste dos Estados Unidos. A espécie foi introduzida na Europa como animal ornamental de jardins.

O macho adulto desta espécie tem uma distintiva plumagem multicolorida e olhos vermelhos.A fêmea é um pouco menos colorida com partes brancas em volta dos olhos e na garganta.

 

Saíra-sete-cores

Saíra-sete-cores

saíra-sete-cores (Tangara seledon) é uma ave da família Thraupidae  que pode ser encontrada em todos os estratos da floresta atlântica e nas matas baixas do litoral, onde é muito frequente.

Guará

Guará Ibis Rubra Pássaro Vermelho Amazônico floresta agua norte Bicho da Amazônia celcoimbra Belém Pará Brasil América do Sul Terra Fauna Amazônica Eudocimus ruber Ecologia  3

Guará Ibis Rubra Pássaro Vermelho Amazônico floresta agua norte Bicho da Amazônia celcoimbra Belém Pará Brasil América do Sul Terra Fauna Amazônica Eudocimus ruber Ecologia  3 por celcoimbra, no Flickr

Colhereiro

Colhereiro

Colhereiro por renate.hartfiel, no Flickr

 

Colhereiro é o nome comum a várias aves ciconiformes da família Threskiornithidae, que também inclui os íbis. Essa ave é conhecida pelo gênero Platalea e se distribui por várias espécies.
O colhereiro é uma ave pernalta de pescoço longo. O nome se deve ao formato de colher que o bico dessas aves possui. Com ele, a ave revolve o fundo dos ambientes aquáticos em que vive, em busca de alimento. Vive em pequenos bandos ou solitariamente e se alimenta de peixes, crustáceos, insetos e moluscos.

Tucanoaçú

TUCANUÇU (Ramphastos toco)

TUCANUÇU (Ramphastos toco) por Dario Sanches, no Flickr

O tucano-açú, também chamado de tucanaçú ou simplesmente tucano, que pode ter cerca de 66 cm de comprimento (incluindo o bico, que chega a 19 cm) e pesar pouco mais de 0,5 Kg, é o maior representante da família Ramphastidae. Sua maior característica é o desproporcional tamanho de seu bico, bem como seu colorido. O bico, apesar do tamanho e da aparência pesada, é leve, por não ser uma estrutura óssea maciça. Mesmo sendo oco, seu bico é muito resistente e útil para descascar frutos e intimidar outros animais. Seus pés possuem dois dedos dianteiros e dois traseiros, que lhe proporcionam excepcional sustentação nos galhos das árvores.

Curicaca

CURICACA (Theristicus caudatus)

CURICACA (Theristicus caudatus) por Dario Sanches, no Flickr

 

A curicaca é uma ciconiiforme da família Threskiornithidae. Seu nome popular é onomatopéico, semelhante ao som do seu canto, composto de gritos fortes. Conhecida também como despertador (Pantanal), carucaca, curicaca-comum, curicaca-branca e curicaca-de-pescoço-branco.
Distinguível pela coloração clara, asas largas e bico longo e curvo. Apresenta o dorso cinzento-claro, com brilho esverdeado, rêmiges e retrizes pretas; parte das coberteiras superiores das asas é esbranquiçada, formando uma mancha clara no lado superior da asa, visível durante o vôo. O macho costuma ser um pouco maior que a fêmea, atingindo 69 cm de comprimento e cerca de 143 cm de envergadura.

Canário-da-terra-verdadeiro

CANARIO-DA-TERRA-VERDADEIRO (Sicalis flaveola)

CANARIO-DA-TERRA-VERDADEIRO (Sicalis flaveola) por Dario Sanches, no Flickr

O canário-da-terra-verdadeiro, conhecido também como canário-da-horta, canário-da-telha (Santa Catarina), canário-do-campo, chapinha (Minas Gerais), canário-do-chão (Bahia), coroinha, canário-da-terra e cabeça-de-fogo, é uma ave admirada pelo canto forte e estalado e por isso é frequentemente aprisionada como ave de cativeiro. Graças a ação das autoridades e da conscientização da população, registros do canário-da-terra-verdadeiro vêm se tornando mais freqüentes nos últimos anos.

Tié-sangue

TIE-SANGUE (Ramphocelus bresilius)

TIE-SANGUE (Ramphocelus bresilius) por Dario Sanches, no Flickr

 

Ave símbolo da Mata Atlântica. Uma das mais espetaculares aves do mundo. O tiê-sangue (Ramphocelus bresilius), também conhecido como sangue-de-boi, tiê-fogo, chau-baêta e tapiranga, é uma ave sul-americana passeriforme da família Thraupidae. Reconhecida pela beleza de sua plumagem vermelha.
A plumagem do macho é de um vermelho-vivo, que lhe deu origem ao nome. Parte das asas e da cauda são pretas. A espécie apresenta dimorfismo sexual, sendo a plumagem da fêmea menos vistosa, de cor parda nas partes superiores e marrom-avermelhada nas inferiores.

Tico-tico-rei

TICO-TICO-REI (Lanio cucullatus)

TICO-TICO-REI (Lanio cucullatus) por Dario Sanches, no Flickr

 

O tico-tico-rei é uma ave passeriforme da família Thraupidae. Conhecido também como galo-do-mato, foguinho, tico-tico-rei-vermelho, vinte-um-pintado, tico-fogo, tico-vermelho, sangue de boi (Rio Grande do Sul), sangrinho(interior de São Paulo) e tico-tico-pimenta.
Medindo cerca de 13,5cm, tem tamanho semelhante ao do pardal, mas com coloração marrom escura na parte superior e vermelha nas partes inferiores e na cabeça, especialmente no macho, que apresenta uma coloração intensa e um topete vermelho com uma faixa negra. Ambos os sexos apresentam uma linha branca circundando os olhos. A coloração das fêmeas não tem tanto brilho e são mais pardacentas.

 

Crejoá

 

Apresenta o dorso azul-cobalto, partes inferiores púrpura-escuro com colar azul cobalto na região peitoral superior e a maior parte das penas da asa e cauda negras. A fêmea tem coloração pardo anegrada. Têm em média 20 cm de comprimento.
Ameaçada de extinção no Brasil, apesar da proteção legal da espécie e das florestas de baixada do Espírito Santo e sul da Bahia. Tamanho populacional reduzido com probabilidade de extinção na natureza em pelo menos 29% em 20 anos ou 5 gerações.
 
BENEDITO-DE-TESTA-AMARELA(Melanerpes flavifrons )

BENEDITO-DE-TESTA-AMARELA(Melanerpes flavifrons ) por Dario Sanches

O benedito-de-testa-amarela é uma ave piciforme da família Picidae. Também conhecido como benedito, bereré(Rio Grande do Sul), golelêim (Vale do Ribeira/SP), pica-pau-de-fronte-amarela, pica-pau-do-mato-virgem e rididico.

Tem cerca de 19,5 centímetros. Espécie multicolorida. Fronte e garganta amarelo-vivos, vértice posterior e nuca vermelhos no macho e pretos na fêmea; pescoço posterior, dorso superior e asas negros; dorso inferior e uropígeo brancos; peito superior pardacento; peito inferior e ventre vermelhos; flancos barrados de preto e branco. É barulhenta.

GRALHA-PICAÇA (Cyanocorax chrysops )

GRALHA-PICAÇA (Cyanocorax chrysops ) por Dario Sanches

 

A gralha-picaça é uma ave passeriforme da família Corvidae. Também conhecida como acaé, cancã, gralha, gralha-de-crista-negra, gralha-do-mato e uraca.
O interessante da denominação científica desta espécie é a discordância!! A palavra chrysops que nomina a espécie significa “cabeça amarela ou dourada”. Onde chryso ou chrysun é amarelo ou dourado e, ops é cabeça. Entretanto, é a barriga da espécie que apresenta colocação amarelada.
 
TUCANO-DE-BICO-VERDE (Ramphastos dicolorus )
TUCANO-DE-BICO-VERDE (Ramphastos dicolorus ) por Dario Sanches
 
O tucano-de-bico-verde é uma ave piciforme e da família Ramphastidae.
Tem cerca de 48 centímetros, boa parte correspondem ao bico. Pesa em torno de 320 g a 400 g. Apresenta papo amarelo e bico verde. O serrilhado do bico é bem desenvolvido e realçados pela cor vermelha sangüínea. É o único Ramphastos a apresentar um ângulo acentuado na base da mandíbula inferior.

 

Compartilhar
comments

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Visitantes Online

Nós temos 198 visitantes online